segunda-feira, 12 de novembro de 2012

nobody say it was easy.

Fico pensando que nada, na verdade nada, tem sentido. Essa balela de ficar procurando um motivo por trás de cada ação que o universo toma. O mundo é uma merda, se for parar para pensar, então, por que? Deixa a porra toda explodir de vez. Ontem vieram me contar que não deu porque não era para dar. Achei um absurdo, porque era para dar e tinha tudo para dar certo. Mas não deu, fim. Não deu porque eu fui um escroto estúpido, não deu porque eu me meti onde não devia, não deu porque eu falhei um trilhão e outras vezes, não deu porque eu dividi amores, palavras, camas. Não deu porque eu fodi com tudo, então, por favor, não me venha com essa de não deu porque não era para dar. Adotei a terceira lei, a da ação e reação. O universo não conspira para nada, tudo é reflexo daquilo que tu fez. E se eu fui um otário ferrado e fodido, eu tenho mais é que merecer essa vida de merdinha que venho levando. Com força e fé, porque andando na linha tudo vai passar. Daí eu terei outras linhas para reescrever uma história e, quem sabe, num acaso ou num destino, eu me esbarre contigo só mais uma vez e consiga nos dar um final feliz.

2 comentários:

Maria Fernanda disse...

I don't like when you write sad things.

And I have said. Love u, friend. ♥

Luciana Brito disse...

Olha só, gostei de ver essa nota no blog. Sinal de que talvez, assim meio discretamente, ele deixe de ficar abandonado, né?

Beijo procê.

Postar um comentário